Foto:
Domingo, 01 de março de 2020 - 14:57:29
Crescimento dos seios cria problemas estéticos e sociais para homens
CURIOSIDADES E ATENÇÃO À SAUDE
Endocrinologista deve ser o primeiro profissional a ser visitado, pois poderá identificar a causa do aumento das mamas

O crescimento das mamas nos homens é, na maioria dos casos, muito mais um problema estético, do que propriamente de saúde. Entretanto, capaz de alterar a rotina, até mesmo na escolha da roupa que vai usar, até os locais que serão frequentados. Quando os seios se desenvolvem é comum que muitos deixem de tirar a camisa em público, passem a usar roupas de tecidos mais grossos ou até mesmo passem a se curvar na tentativa de esconder o que não deveria estar ali.

O desenvolvimento das glândulas mamárias pode ter o tratamento tão difícil quanto o nome dado à disfunção, ginecomastia. Quanto mais tempo demorar para procurar um profissional da saúde, mais risco o paciente corre de ter na cirurgia plástica a única solução.

A endocrinologista Gabriela Polisel Gonçalves Vicente explica que a ginecomastia é causada por um “desbalanço” entre os hormônios masculinos e femininos, o que provoca o aumento do tecido mamário. Isso pode ocorrer por uma questão fisiológica – geralmente na adolescência -, pelo excesso de testosterona devido à recomposição hormonal – no caso dos idosos  - e pelo uso de anabolizantes. São as três principais causas.

“A ginecomastia não costuma trazer muitos problemas. A questão estética é o que mais faz com que os homens procurem atendimento médico”, enfatiza.

A médica ressalta que quanto mais tempo demorar para procurar ajuda, o tecido mamário que se desenvolveu vai se transformando num tecido fibroso e, daí, apenas a cirurgia plástica para resolver.

Se o paciente procura ajuda no início, é possível tentar tratamento com medicamentos. Mas a especialista enfatiza que é sempre importante deixar claro aos pacientes que o tratamento medicamentoso pode não surtir o resultado esperado. “As medicações melhoram, mas não são respostas maravilhosas”.

CUIDADOS ESPECIAIS

Gabriela Polisel enfatiza que antes de chegar ao diagnóstico de ginecomastia é necessário avaliar as condições de saúde do homem e realizar exames de imagem, como uma ultrassom, e exames de sangue.

Há doenças, como o câncer de próstata, hipertireoidismo, entre outras, que podem resultar no crescimento das mamas ou o tratamento das doenças provocar este aumento. Nestes casos, é primordial tratar a causa. “É preciso confirmar o diagnóstico da causa. Esgotando todas as possibilidades de uma doença ter provocado o crescimento das mamas, então a ginecomastia pode ser tratada”.

Texto/Fonte: