Foto: A Gazeta
Segunda, 30 de maio de 2016 - 07:23:54
Estado multa empreiteiras por defeitos em obra
ESTRADA DO MOINHO

A Secretaria de Estado das Cidades (Secid-MT) vai multar o Consórcio Trimec-Hytec, responsável pela duplicação da avenida Arquimedes Pereira Lima (Estrada do Moinho). A obra de duplicação da ponte sobre o Rio Coxipó faz parte do mesmo contrato.

Conforme a Secid, no mês de abril o consórcio foi notificado duas vezes para comparecer na pasta para a assinatura da ordem de serviço para a retomada das obras na avenida, mas nenhum representante apareceu. O próximo passo agora é a aplicação de sanções e multas para garantir o cumprimento do contrato. 

O valor total dos serviços é de R$ 23,6 milhões e compreende convênio com a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco). A obra, que nem mesmo foi inaugurada, já conta com inúmeros buracos na pista, que tem dificultado o trânsito de veículos na região. 

Segundo a secretaria, o consórcio terá 170 dias após a assinatura da ordem de serviço para realizar correções necessárias em todo o asfaltamento da via, das ciclovias e da ponte. Além disso, faltam ainda alguns trabalhos de finalização para que a obra seja definitivamente recebida pelo Estado. 

OBRA - A obra teve início em fevereiro de 2013 e compreende a duplicação da avenida, totalizando 4,42 quilômetros, além dos alargamentos das pontes sobre o Córrego do Moinho e Coxipó. Para o trânsito de bicicletas serão implantadas 4,8 km de ciclovias ao longo dos 1,8 km já existentes, que resultarão em quase 7 km de faixas exclusivas para ciclistas na Estrada do Moinho. 

O contrato em questão está entre as obras da Copa que passaram por Termos de Ajustamento de Gestão (TAG) entre o Governo e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que sejam retomadas. 

Texto/Fonte: DANTIELLE VENTURINI / A Gazeta