Foto: Reprodução
Domingo, 14 de abril de 2019 - 16:40:47
Nós temos brigas com a dona do WhatsApp", diz Stringuetta
Geral
Polícia e privacidade

O delegado Flávio Stringuetta, da Gerência de Combate ao Crime Organizado, afirmou que as polícias ainda encontram dificuldade em quebrar o sigilo imposto pela política de privacidade do WhatsApp.

 

Segundo ele, as interceptações telefônicas são uma grande arma no combate ao crime. “Embora hoje o criminoso mais especializado não use o aparelho celular para se comunicar, [a escuta] ainda é uma ferramenta muito eficaz para alcançarmos os criminosos e darmos e eles a repressão que precisam”, afirmou em entrevista à Rádio Centro Américanesta semana.

 

“Nós temos brigas com a dona do WhatsApp. Em alguns casos conseguimos quebrar essa política e em outros não.  Não é, infelizmente, uma liberalidade tão grande como se fosse uma ligação comum”.

Texto/Fonte: