Foto: Reprodução/Acrinorte
Quarta, 08 de junho de 2016 - 15:35:50
Por falta de GTA, feiras agropecuárias em Mato Grosso podem ser prejudicadas com greve
GTA
Guia de Transito Animal

Ao menos cinco feiras agropecuárias em Mato Grosso serão prejudicadas pela greve dos servidores do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) caso a mesma perdure por mais tempo. A paralisação inviabiliza a emissão de documentos necessários, como a Guia de Trânsito Animal (GTA) e vistorias. Organizadores das feiras revelam preocupação diante o atual cenário vivenciado pelo Estado.

Entre as festas que ocorrem em Mato Grosso nos próximos 30 dias estão a 32ª a Exponop no município de Sinop, que inicia nesta quarta-feira (08), a 52ª Expoagro em Cuiabá entre os dias 02 e 10 de julho, a Expoleste em Barra do Garças, a Expocas em Castanheira e a Expotapurah em Tapurah.

A participação de animais nas feiras agropecuárias é tradicional, principalmente em leilões. A paralisação dos servidores, mesmo que havendo uma fiscalização rotineira exercida que concentra os 30% dos servidores que cumprem a lei de greve, pode impedir a participação de animais caso o produtor não tenha a Guia de Trânsito Animal (GTA). A guia é necessária para o transporte dos animais das propriedades rurais até o evento. A falta do documento implica multa e o impedimento da participação dos animais na festa.

Com previsão de faturamento de R$ 30 milhões, a 52ª Expoagro, em Cuiabá, ocorre entre os dias 02 e 10 de julho. Segundo o presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Ricardo Arruda, a feira agropecuária na Capital Mato-grossense ocorrerá normalmente, inclusive os leilões.

Em nota o presidente da Associação dos Criadores do Norte de Mato Grosso (ACRINORTE), Invaldo Weis, entidade organizadora da Exponop, no município de Sinop, manifesta preocupação com o atual cenário vivido por Mato Grosso. “Somos sensíveis às reivindicações e esperamos que seja estudada uma solução para o impasse, em breve”, destaca Weis.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap), quem já tem a GTA não terá problemas para participar das feiras agropecuárias. O sindicato pontua ainda "O que pode atrapalhar é que, quem ainda não tinha conseguido o documento, ser impedido de apresentar animais no evento já que o Indea não vai emitir GTAs nesses dias de greve".

No que tange a fiscalização para garantir que doenças de notificação obrigatória não adentrem no Estado e que venham comprometer o status sanitário, o Sintap informa que as mesmas serão realizadas.

“Vale lembrar que as exposições de animais são apenas uma parte do leque de ação da feira, visto que esses eventos atendem a outros segmentos como o de maquinários e demonstração de novas tecnologias, porém, a ausência de animais faz com que percam parte do seu propósito diminuindo o brilho e o interesse da comunidade em participar, consequentemente, diminuindo a arrecadação dessas feiras”, destaca a presidente do Sintap, Diany Dias.

Texto/Fonte: Olhar Direto - Viviane Petroli