Foto: Divulgação
Quinta, 17 de maio de 2018 - 10:30:19
Preço do suíno vivo sobe em SP e se mantém em sete estados
Reajuste
Apenas em São Paulo o valor registrou alta de 3,17%, passando de R$ 3,15 a R$ 3,25 o quilo

Os preços do suíno vivo se mantiveram estáveis nesta semana em sete dos dez estados consultados pela Suinocultura Industrial. Apenas em São Paulo o valor registrou alta de 3,17%, passando de R$ 3,15 a R$ 3,25 o quilo. De acordo com a Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), o mercado subiu em R$ 1 o preço da arroba em relação à semana anterior. Agora, o preço do suíno vivo orbita entre R$ 59 e R$ 61,00, ou seja, R$ 3,15 e R$ 3,25. “Observou boas vendas no final de semana e ao mesmo tempo, uma venda de animais vivos na semana anterior superior à média, provocando possivelmente uma oferta mais reduzida de animais na semana”, avalia a APCS.

Outros aumentos ocorreram no Ceará, onde o preço do animal vivo passou de R$ 5,10 para R$ 5,20 de uma semana para outra, e no Distrito Federal, cujo aumento foi de R$ 3,06 a R$ 3,11.

Estabilidade de preço

No Rio Grande do Sul, ocorre estabilidade no preço pago pelo quilo do suíno vivo em R$ 3,15, informou a Associação de Criadores de Suínos do RS (ACSURS). A estabilidade de preço ocorreu ainda na bolsa de suínos de Minas Gerais, onde se definiu o valor de R$ 3,30 para a comercialização do quilo do suíno vivo.

De acordo com a Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG), valor este estabelecido entre os negociadores regionais durante a reunião de bolsa. Os preços do suíno vivo se mantiveram iguais também nos Estados de Santa Catarina (R$ 2,80), Paraná (R$3,10), Mato Grosso (R$ 2,86), Mato Grosso do Sul (R$ 3,50) e Goiás (R$ 3,30).

Texto/Fonte: Portal do agronegócio